CNBB divulga nota em que reprova iniciativa do governo federal de flexibilização do aborto

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) divulgou na manhã desta quarta-feira, 18 de janeiro, uma nota na qual manifesta reprovação a toda e qualquer iniciativa que sinalize para a flexibilização do aborto a exemplo das últimas medidas do Ministério da Saúde, constantes da Portaria GM/MS de nº 13, publicada no último dia 13.

A portaria permitiu a revogação de outra portaria que determina a comunicação do aborto por estupro às autoridades policiais. A Nota da CNBB pede esclarecimento do Governo Federal considerando que a defesa do nascituro foi compromisso assumido em campanha e também sobre a desvinculação do Brasil com a Consenso de Genebra.

No documento, a CNBB reitera que “a hora pede sensatez e equilíbrio para a efetiva busca da paz e reforça que é preciso lembrar que qualquer atentado contra a vida é também uma agressão ao Estado Democrático de Direito e configura ataques à dignidade e ao bem-estar social”.

Confira, a íntegra do documento PDF clicando aqui.

Fonte: CNBB

Veja Também

Sínodo da Diocese De Imperatriz: Por uma Igreja sinodal de comunhão, participação e missão

Na Solenidade da Epifania do Senhor, a Diocese de Imperatriz, em comunhão com o Papa Francisco, que convocou o Sínodo…

Sínodo da Diocese De Imperatriz: Por uma Igreja sinodal de comunhão, participação e missão

CNBB condena os ataques criminosos ao estado democrático de direito, pede contenção e responsabilização no rigor da lei

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), perplexa com as graves e violentas ocorrências em Brasília (DF), manifestou-se neste…

CNBB condena os ataques criminosos ao estado democrático de direito, pede contenção e responsabilização no rigor da lei

Diocese de Imperatriz manifesta pesar pelo falecimento do Papa emérito Bento XVI

A Diocese de Imperatriz, através de seu bispo, Dom Vilsom Basso, emitiu uma nota de condolências pelo falecimento do Papa…

Diocese de Imperatriz manifesta pesar pelo falecimento do Papa emérito Bento XVI